Gravar ramal ou linha telefônica?

telefone e headset

Provavelmente em seu local de trabalho, em cada estação ou mesa, existe um telefone. Esse telefone faz parte de uma rede telefônica que engloba toda a empresa, que é denominada rede privada, derivada do seu PABX, é chamado de RAMAL. Já a LINHA, é o entroncamento, fornecido pela operadora local que, por sua vez, interliga o PABX com as operadoras. Para entender melhor, quando um ramal faz ou recebe uma ligação de um número externo, esse utiliza um canal ou linha de comunicação da operadora contratada. Mas afinal, você deve gravar o ramal ou linha telefônica na empresa?

Começamos conhecendo os tipos de linhas e ramais existentes:

Ramais e linhas/troncos

Tipos de ramais:

O nome ramal vem da analogia de ramo, por ser parecido com uma árvore. A ligação chega até seu PABX e desse é direcionado aos ramos ou ramais, que funcionam como linhas telefônicas internas, da rede privada do PABX. Ramal significa que existe um entroncamento principal de onde se originam as ramificações ou para onde os ramos convergem.

Ramal analógico
O sinal da transmissão é feito de forma analógica, que possibilita a utilização de aparelhos telefônicos convencionais.

Ramal digital
Neste caso, o sinal continua sendo analógico e é convertido para digital no próprio aparelho. O telefone digital pode ser mais robusto, com informações apresentadas num visor, com funções de acesso fácil como transferência e conferências.

Ramal SIP 
Esta tecnologia é melhor do que as anteriores: todo o áudio trafega pela rede de dados ou pode ser criada uma rede específica para o áudio – o que garante melhor qualidade da ligação e segurança. Uma das facilidades mais famosas é a opção de utilizar os Softphones, descartando os aparelhos de mesa e utilizando o próprio computador e um headset como telefone. Este é um diferencial dentre tantos possíveis com um ramal SIP. Você pode saber mais conversando com um de nossos consultores.

Tipos de linhas/ troncos:

Quando um ramal faz ou recebe uma ligação de um número externo, este utiliza um canal ou linha de comunicação da operadora contratada.

Analógico
É o telefone convencional. A partir de um par metálico entregue pela operadora de telefonia à sua empresa, que fica conectado ao PABX e por ele, o recebimento de chamadas é sinalizado e também fornecido a identificação do chamador.

E1/ Digital
Caracterizado por fornecer até 30 linhas em um único cabo – 30 ligações simultâneas podem entrar por ele e ainda derivar-se em DDRs – Discagem Direta a Ramal, onde o cliente poderá ter acesso a um número específico da mesa do vendedor que lhe atende rotineiramente, por exemplo. Isso facilita e agiliza o atendimento. Esse tronco também identifica o chamador.

VoIP
Abreviação de Voice Over Internet Protocol, que em português significa Voz sobre protocolo de Internet, também é conhecido por Voz sobre IP ou telefonia IP. Usando a internet, o custo das ligações é significativamente inferior ao cobrado por empresas de telefonia convencionais.

GSM
Que significa Sistema Global para comunicações Móveis. Nome dado para os sistemas de comunicações móveis, que possuem uma arquitetura celular, e podem ter uma conexão com a rede telefônica fixa através de placas que recebem os chips de celular, e fazem essa integração em nossas centrais PABX. Deste modo é possível baratear ligações para celular quando utilizamos nossos ramais empresariais.

Podemos concluir que um ramal é fornecido pelo meu PABX e desse, me beneficio dos entroncamentos para fazer e receber ligações de fora da minha rede privada. Quando um ramal faz ou recebe uma ligação de um número externo, esse utiliza um canal ou linha de comunicação da operadora contratada. Conclusão: Ramal é fornecido pelo PABX e Linha é fornecida pela Operadora, e quem gerência toda essa comunicação é o PABX.

Afinal, gravar ramal ou linhas telfônicas?

A forma mais fácil de obter a gravação, independente de qual meio de linha ou tronco que está sendo utilizado na sua empresa, é gravar o ramal. A comunicação com seu cliente se dá por meio de utilização da operadora, e se origina a partir do telefone da sua mesa, que é um ramal do PABX, ao gravar esse, sua empresa terá toda a identificação da origem e do destino da ligação na sua gravação, assim como detalhes de identificação da pessoa que está usando o ramal, a bina etc.

Se for gravar o tronco ou linha, não vai dispor de todos os detalhes, mencionados acima, na sua gravação, somente saberá que o canal/linha X está sendo gravado. Dependendo do tipo do tronco, vai ter a bina na gravação, mas não vai saber qual ramal atendeu ou fez a ligação. Existe tecnologia disponível no mercado para os casos que é necessário saber o ramal ou ter o ramal na gravação, mas isso vai depender do seu PABX e de mais custos para integrar a solução de gravação.

Confira: Segurança nas ligações: Custo ou investimento?

Sabendo que a gravação do ramal é o melhor meio para obter todas as informações em uma gravação, é preciso identificar agora qual tipo de ramal sua empresa utiliza, se é analógico, digital ou SIP (conforme descrito acima). Para cada tipo de ramal, existe uma tecnologia a ser utilizada para a gravação, consulte nossos especialistas para obter mais informações e orientar na melhor forma de realizar sua gravação.

gravador-intelicon

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Del Grande

A Del Grande entrega a você inovação e segurança em soluções tecnológicas de comunicação. Somos fabricantes de sistemas de gravação telefônica, atendedores, sistemas de fax e PABX IP.

Receba nossos conteúdos em primeira mão

A Del Grande entrega a você inovação e segurança em soluções tecnológicas de comunicação. Somos fabricantes de sistemas de gravação de telefone e rádio, PABX IP, atendimento por chat e WhatsApp, atendedores e sistemas de fax.

Siga Nos

Del Grande | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por slin.digital

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp
Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp